ORQUESTRA DE CORDAS DE VOLTA REDONDA DÁ SHOW NO RIO DE JANEIRO

A Academia Brasileira de Letras, encerrando a temporada de 2016 da série “Música de Câmara na ABL”, brindou seu público, no dia 1º de dezembro, com um belíssimo concerto da Orquestra de Cordas de Volta Redonda, executando obras de Edward Elgar, Edvard Grieg e Carlos Gomes, sob a regência da pianista e maestrina Sarah Higino.

Também o “Projeto Candelária”, da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Candelária, encantou o público, no dia 4 de dezembro, com uma excelente apresentação da Orquestra de Cordas de Volta Redonda, executando peças de Peter Warlock, Edward Elgar Edvard Grieg, Peter Tchaikowsky e Carlos Gomes, sob a batuta da sempre incrível Sarah Higino.

Nada haveria de extraordinário nessas apresentações, em conhecidos locais do Rio de Janeiro que sempre prestigiaram a música de câmara, não fosse o fato de a Orquestra de Cordas de Volta Redonda ser formada, integralmente, por alunos das escolas da rede pública de ensino do Município de Volta Redonda.

O Projeto Volta Redonda “Cidade da Música”, criado pelo maestro Nicolau Martins de Oliveira e executado pela regente Sarah Higino, congrega alunos da educação infantil ao ensino médio e é mantido pela Prefeitura Municipal de Volta Redonda. Muitos desses jovens estão seguindo a carreira musical, havendo-os já graduados e pós-graduados em Música.

Um Projeto assim, que alcança mais de 4.600 estudantes, em faixas etárias tão distintas, estimulando-lhes a sensibilidade, a disciplina, o amor à arte, o gosto estético e uma adequada visão de mundo, de forma tão positiva, merece nossos mais efusivos aplausos! Que tal exemplo possa expandir-se pelos demais municípios, em prol da boa formação de nossa juventude! Parabéns!