ICBJ - Cultura, Curso de Língua, Cozinha e Arte Japonesas

Curso de Japonês – Novas turmas em Julho

O Instituto Cultural Brasil-Japão (ICBJ) está com inscrições abertas para novas turmas de língua japonesa para iniciantes e uma turma de intermediário para alunos que já possuem conhecimento e desejam ingressar em uma turma mais avançada.

As aulas serão ministradas no ICBJ (Av. Franklin Roosevelt – 39, 15º andar). O curso conta com material didático desenvolvido pelo próprio instituto. O método compreende os níveis básico, intermediário e intermediário avançado.

Horários: 3ª (terças-feiras), de 10h às 11h40 com início previsto para 04/07/17.

3ª (terças-feiras), de 16h30 às 18h10 com início previsto para 04/07/17.

4ª (quartas-feiras), de 14h às 15h40, com início previsto para 05/07/17.

* Todas as turmas são turmas semestrais (6 meses).

* Para ingressar na turma de quartas-feiras (intermediário), é necessário fazer uma prova de nivelamento para que seja avaliado o nível de conhecimento do aluno.

japones julho

Bolsas de Estudos no Japão – MEXT (Monbukagakusho)

Seu sonho é estudar no Japão? Então corra que até o dia 30 de junho você pode se inscrever para concorrer a bolsas que o governo japonês, através do Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciência e Tecnologia (MEXT), está oferecendo. Há vagas para diversas áreas do conhecimento nos níveis de graduação, escola técnica e cursos profissionalizantes.

Veja mais informações e formulários de inscrição pelo site do Consulado.

Se preferir, você também pode tirar suas dúvidas por telefone. Se ligar até o dia 08/06, o telefone é (21)2240-2383. A partir do dia 09/06, o número muda para (21)3461-9595.

Não perca esta oportunidade! Gambatte!

reuniao

III Sarau de Haikai do ICBJ

No próximo dia 3 de junho, sábado, o ICBJ realiza a 3ª edição do Sarau de Haikai, que este ano homenageará Bokujo, pseudônimo do falecido escritor Yasuziro Mizutani. Diversos escritos desse especialista em haikai, um tipo de poesia japonesa composta por três versos, foram cedidos pela família e serão expostos ao público pela primeira vez no ICBJ. O tema deste ano é “Outono e Bokujo”

O sarau é gratuito e aberto ao público, no salão do ICBJ (Av. Franklin Rooselvelt, 39 – Centro, Rio de Janeiro. Prédio Portugal, 15º andar).  

Teremos ainda uma roda de leitura de haikais, com participação do Núcleo Tempo Literário, do ICBJ, do Grupo Nikkei de Petrópolis e uma apresentação musical.

Vida de Bokujo

Bokujo (Yasuziro Mizutani) nasceu na cidade de Osaka, no Japão, em 1889, e radicou-se no Rio de Janeiro em 1919, onde se casou e teve sete filhos. Seu falecimento foi aos 83 anos, em 1972.

Sobre o Núcleo Tempo Literário

Criado em 2014, o Núcleo de Haikai ICBJ / Tempo Literário ICBJ promove encontros mensais de haikaístas, historiadores e pesquisadores da arte literária para discussão e pesquisa do universo poético do haikai, suas raízes na cultura japonesa e as características que assumiu no âmbito da literatura brasileira. O Núcleo é aberto a todos os interessados.

Venha que vai ser muito legal! 

Mais informações: (21) 2240-2024 / (21) 2220-7877

DEU NA MÍDIA: JB ONLINE

No dia 26 de maio, próxima sexta-feira, o Instituto Cultural Brasil Japão (ICBJ) inaugura o I Ciclo de Debates sobre estudos da cultura japonesa no Brasil.

O evento, que é gratuito e aberto ao público, reunirá pesquisadores e profissionais de diferentes áreas, que trarão à mesa a discussão de diversos estudos e iniciativas que envolvam o Japão.

Neste primeiro encontro, que vai das 18h às 20h, participam:

– A mestranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (PPGCOM-UFF), Daniela Mazur, que falará sobre ‘Japão e Coreia do Sul: Soft Power e fluxos de influências culturais na contemporaneidade’;

– O doutor em História Social pelo PPGHS UERJ/FFP, Jorge Henrique Cardoso Leão, que abordará os ‘Estudos de Fontes Jesuíticas sobre o Japão Moderno’;

– E o doutor em História Política e pesquisador do Instituto de Estudos Estratégicos (INEST-UFF), Roberto de Freitas Almeida, com o tema ‘Brasil e Japão: Relações entre o Extremo Oriente e o Extremo Ocidente’.

A mediação ficará por conta do professor Douglas Magalhães Almeida, de Cultura & História Japonesa do ICBJ.

“Cada pesquisador comentará um pouco dos seus últimos estudos e a ideia é justamente permitir não apenas que este seja um espaço para a articulação entre diversas perspectivas, mas também de viabilizar futuras pesquisas, o que só enriquece a produção de conhecimento”, explica Douglas.

 “Acreditamos que, através de iniciativas como essa, que reúne entendedores em assuntos socioculturais relevantes e atuais, estamos contribuindo não apenas para a inter-relação Brasil-Japão, mas também para o próprio desenvolvimento social deste país”, complementa o vice-presidente do ICBJ, Keizo Akamatsu.

O debate faz parte da programação da Sexta Cultural, evento mensal organizado pelo Instituto e sempre voltada à discussão de assuntos voltados ao desenvolvimento das relações culturais Brasil-Japão.

Programação

‘Japão e Coreia do Sul: Soft Power e fluxos de influências culturais na contemporaneidade’, com a Prof.ª Daniela Mazur

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (PPGCOM-UFF) e atualmente em estágio docência como professora do curso de Estudos de Mídia (UFF) com a disciplina ‘Globalização e Economia Política da Mídia’. No mestrado, está trabalhando na dissertação ‘Dramas de TV, Soft Power e Representação da Onda Coreana: “Reply” 1997, 1994 e 1988’. Membro fundadora do Asian Club da UFF.

‘Estudos de Fontes Jesuíticas sobre o Japão Moderno’, com Prof. Jorge Henrique Cardoso Leão

Doutor em História Social pelo PPGH UFF, mestre em História social pelo PPGHS UERJ/FFP, especialista em História Militar pela UNIRIO e graduado em História pela UGF. Atualmente é bolsista CAPES e já foi bolsista pela FAPERJ na época do mestrado. Leciona a disciplina História pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro e atua como pesquisador em História do Japão pelos grupos GEHJA CEIA/UFF e pelo NEJAP UFSC. Possui áreas de interesse como: História Moderna, História da Companhia de Jesus, História da Expansão Portuguesa, História da Ásia, História do Japão, História Militar da Época Moderna e História do Brasil Colonial.

‘Brasil e Japão: Relações entre o Extremo Oriente e o Extremo Ocidente’, com Prof. Roberto de Freitas Almeida

Economista formado pela Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, em 1976. Graduado em Histoire et Civilisation, pela Aliança Francesa/Université de Nancy, em 1987. Mestre em História, na área de Relações Internacionais, pela Uerj. Doutor em História Política, pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Professor adjunto do Instituto de Estudos Estratégicos da Universidade Federal Fluminense, lecionando no Departamento de Relações Internacionais e Estudos Estratégicos e no Programa de Pós-Graduação em Estudos Estratégicos. Vice-coordenador do curso de graduação em Relações Internacionais da UFF e do Núcleo de Estudos Estratégicos Avançados do Inest. Consultor da revista Animal Business Brasil, da Sociedade Nacional de Agricultura. Experiência nas áreas de Economia Agrícola e História, atuando principalmente nos seguintes temas: segurança alimentar, comércio internacional, Economia Política Internacional e Relações Internacionais.

Serviço: I Ciclo de Debates sobre a cultura japonesa

Data: 26 de maio, sexta-feira, de 18h às 20h

Local: Av. Franklin Rooselvelt, 39 – Centro, Rio de Janeiro. Prédio Portugal, 15º andar

Entrada franca

Inscrições: envie seu nome completo para icbjrj@gmail.com

Programação e mais informações: icbj.com.br

Fonte: http://www.jb.com.br/cultura/noticias/2017/05/25/icbj-promove-i-ciclo-de-debates-sobre-cultura-japonesa/

ICBJ inaugura I Ciclo de Debates sobre estudos da cultura japonesa no Brasil

Caros alunos e visitantes,

no dia 26 de maio, próxima sexta-feira, o Instituto Cultural Brasil Japão (ICBJ) inaugura o I Ciclo de Debates sobre estudos da cultura japonesa no Brasil. O evento, que é gratuito e aberto ao público, reunirá pesquisadores e profissionais de diferentes áreas, que trarão à mesa a discussão de diversos estudos e iniciativas que envolvam o Japão.

Neste primeiro encontro, que vai das 18h às 20h, participam:

– A mestranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (PPGCOM-UFF), Daniela Mazur, que falará sobre “Japão e Coreia do Sul: Soft Power e fluxos de influências culturais na contemporaneidade”;

– O doutor em História Social pelo PPGHS UERJ/FFP, Jorge Henrique Cardoso Leão, que abordará os “Estudos de Fontes Jesuíticas sobre o Japão Moderno”;

– E o doutor em História Política e pesquisador do Instituto de Estudos Estratégicos (INEST-UFF), Roberto de Freitas Almeida, com o tema “Brasil e Japão: Relações entre o Extremo Oriente e o Extremo Ocidente”.

A mediação ficará por conta do professor Douglas Magalhães Almeida, de Cultura & História Japonesa do ICBJ.

“Cada pesquisador comentará um pouco dos seus últimos estudos e a ideia é justamente permitir não apenas que este seja um espaço para a articulação entre diversas perspectivas, mas também de viabilizar futuras pesquisas, o que só enriquece a produção de conhecimento”, explica Douglas.

 “Acreditamos que, através de iniciativas como essa, que reúne entendedores em assuntos socioculturais relevantes e atuais, estamos contribuindo não apenas para a inter-relação Brasil-Japão, mas também para o próprio desenvolvimento social deste país”, complementa o vice-presidente do ICBJ, Keizo Akamatsu.

O debate faz parte da programação da Sexta Cultural, evento mensal organizado pelo Instituto e sempre voltada à discussão de assuntos voltados ao desenvolvimento das relações culturais Brasil-Japão.

I Ciclo de Debates sobre a cultura japonesa

Data: 26/05 (sexta-feira)

Horário: 18:00 às 20:00

Local: Av. Franklin Rooselvelt, 39 – Centro, Rio de Janeiro. Prédio Portugal, 15º andar.

Entrada franca

Inscrições: envie seu nome completo para icbjrj@gmail.com

Programação e mais informações: icbj.com.br

Programação

I Mesa – Dia 26 de Maio

18h-20h

Prof.ª Daniela Mazur

Tema:  “Japão e Coreia do Sul: Soft Power e fluxos de influências culturais na contemporaneidade”

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (PPGCOM-UFF) e atualmente em estágio docência como professora do curso de Estudos de Mídia (UFF) com a disciplina “Globalização e Economia Política da Mídia”. No mestrado, está trabalhando na dissertação “Dramas de TV, Soft Power e Representação da Onda Coreana: “Reply” 1997, 1994 e 1988”. Membro fundadora do Asian Club da UFF.

Prof. Jorge Henrique Cardoso Leão

Tema:  “Estudos de Fontes Jesuíticas sobre o Japão Moderno”

Doutor em História Social pelo PPGH UFF, mestre em História social pelo PPGHS UERJ/FFP, especialista em História Militar pela UNIRIO e graduado em História pela UGF. Atualmente é bolsista CAPES e já foi bolsista pela FAPERJ na época do mestrado. Leciona a disciplina História pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro e atua como pesquisador em História do Japão pelos grupos GEHJA CEIA/UFF e pelo NEJAP UFSC. Possui áreas de interesse como: História Moderna, História da Companhia de Jesus, História da Expansão Portuguesa, História da Ásia, História do Japão, História Militar da Época Moderna e História do Brasil Colonial.

Fernando Prof. Roberto de Freitas Almeida

Tema: “Brasil e Japão: Relações entre o Extremo Oriente e o Extremo Ocidente”

Economista formado pela Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, em 1976. Graduado em Histoire et Civilisation, pela Aliança Francesa/Université de Nancy, em 1987. Mestre em História, na área de Relações Internacionais, pela Uerj. Doutor em História Política, pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Professor adjunto do Instituto de Estudos Estratégicos da Universidade Federal Fluminense, lecionando no Departamento de Relações Internacionais e Estudos Estratégicos e no Programa de Pós-Graduação em Estudos Estratégicos. Vice-coordenador do curso de graduação em Relações Internacionais da UFF e do Núcleo de Estudos Estratégicos Avançados do Inest. Consultor da revista Animal Business Brasil, da Sociedade Nacional de Agricultura. Experiência nas áreas de Economia Agrícola e História, atuando principalmente nos seguintes temas: segurança alimentar, comércio internacional, Economia Política Internacional e Relações Internacionais.

Esperamos vocês lá.

Curso de Culinária Japonesa – NOVA DATA

A partir do dia 18 de maio, o Instituto Cultural Brasil Japão (ICBJ) está com inscrições abertas para o curso de nihon ryori (culinária japonesa), com a professora Toshie Murakoshi. As aulas serão às quintas-feiras, de 18h30 às 20h30. 

O curso, que será ministrado no ICBJ, é composto por 8 aulas e foi desenvolvido tanto para os iniciantes, quanto para aqueles que já têm experiência na cozinha. Toshie vai ensinar e dar dicas desde o preparo do arroz até de pratos mais elaborados, além de mostrar que a comida japonesa vai muito além do sushi e sashimi. “Uma vantagem do aprendizado dessa cozinha milenar é poder também juntar familiares e amigos no ambiente caseiro, o que pode ser mais gostoso, mais barato e mais saudável”, complementa.

Programação:

1ª aula: Arroz Branco (shiro-gohan), Misso shiru (sopa), Sunomono (salada de pepino) Filé de frango com molho de legumes

2ª aula: Spagheti frio (Hiyashi Chuka) e Harumaki (Rolinho primavera)

3ª aula: Sushi – preparo do arroz, Kappa-maki, Tekka maki, California Maki, hot-filadelfia e conserva de gengibre (gari)

4ª aula: Teppan-Yaki (carne e legumes na chapa) e Yakisoba (macarrão e legumes na chapa)

5ª aula: Somen frio (macarrão fino c/ molho shoyu – prato de verão), Tempura de Camarão e Legumes e Nasu no Itame (Berinjelas grelhadas ao molho de shoyu)

6ª aula: Yakimeshi (Arroz colorido), Yakitori (Espetinho de frango) e Conserva de pepino

7ª aula: Kare (Strogonoff japonês), Conserva de Acelga e Salada de Abóbora

8ª aula: Sushi – Niguiri zushi ( bolinhos de arroz filés de peixes diversos) e Sashimi (filé de peixe crú)

Para mais informações ou inscrições, ligue para nossa secretaria (21) 2240-2024 / (21) 2220-7877 ou envie e-mail para icbjrj@gmail.com  .

SERVIÇO

Curso de culinária japonesa com Toshie Murakoshi

8 aulas,  de 4 de maio a 29 de junho, das 18:30 às 20h30, sempre às quintas-feiras. (Com exceção do dia 15 de junho, que é feriado de Corpus Christi)

Local: Av. Franklin Roosevelt – 39, 15º andar, Centro, RJ (quase na esquina com a Avenida Presidente Antônio Carlos)

Mais informações e inscrições: (21) 2240-2024 / (21) 2220-7877- icbjrj@gmail.com

 

culinaria maio

Curso de Japonês – Novas turmas em Maio

O Instituto Cultural Brasil-Japão (ICBJ) está com inscrições abertas para novas turmas de língua japonesa para iniciantes.

As aulas serão ministradas às terças-feiras (de 18h30 às 20h10), quintas-feiras (de 15h às 18h) e sábados (de 8h às 10h50), no ICBJ (Av. Franklin Roosevelt – 39, 15º andar). O curso conta com material didático desenvolvido pelo próprio instituto para inciantes em geral. O método compreende os níveis básico, intermediário e intermediário avançado.

Horários: 3ª (terças-feiras), de 18h30 às 20h10 com início previsto para 09/05/17.

5ª (quintas-feiras), de 15h às 18h com início previsto para 11/05/17.

sábados, de 8h às 10h50, com início previsto para 13/05/17.

* A turmas de 5a. feiras e sábados são turmas quadrimestrais (4 meses) e a turma 3as feiras é semestral (6 meses).

curso lingua japonesa maio

DEU NA MÍDIA: JB ONLINE

Na próxima sexta-feira, dia 31 de março, às 18h, o Instituto Cultural Brasil Japão (ICBJ) promove mais uma Sexta Cultural. O tema da vez é ‘A fábrica de monstros japonesa – A Representação Pop do Imaginário Nipônico’.

O encontro é gratuito e aberto público.

O professor Douglas Magalhães Almeida, de Cultura & História Japonesa do ICBJ, explica que o Japão é uma verdadeira fábrica de monstros e que, através de sua mídia pop, sempre surpreende com animações, filmes de terror e seriados com os mais diversos tipos de monstruosidades, desde as poderosas e medonhas até as pequenas e kawaii (tradução de “fofo”). 

“A relação está intimamente ligada a seu imaginário cultural dos mais diversos tipos de Youkais, esses seres que aparecem em lendas, folclore, tv e vídeo games, e iremos explorar como se dá esse imaginário com as produções japonesas atuais: que são os pokemons, a origem da idéia de Godzilla e outros Kaijus, os monstros enfrentados pelos Power Rangers e o sucesso de Youkai Watch”, complementa.

A Sexta Cultural é um evento mensal organizado pelo Instituto e sempre voltada à discussão de assuntos relevantes ao desenvolvimento cultural do Brasil e Japão.

Palestra ‘A fábrica de monstros japonesa – A Representação Pop do Imaginário Nipônico’

Data: 31 de março, sexta-feira, às 18h

Local: Av. Franklin Rooselvelt, 39 – Centro, Rio de Janeiro. Prédio Portugal, 15º andar.

Entrada franca

Inscrições: icbjrj@gmail.com. Enviar nome completo e número de CPF, com o seguinte título na mensagem: FÁBRICA DE MONSTROS – ICBJ [INSCRIÇÃO]

Fonte: http://www.jb.com.br/cultura/noticias/2017/03/29/icbj-promove-mais-uma-sexta-cultural/

A FÁBRICA DE MONSTROS JAPONESA – A Representação Pop do Imaginário Nipônico

O Japão é uma verdadeira fábrica de monstros que através de sua mídia pop sempre nos surpreende com animações, filmes de terror e seriados com os mais diversos tipos de monstruosidades, desde as poderosas e medonhas até as pequenas e kawai. A relação está intimamente ligada a seu imaginário cultural dos mais diversos tipos de Youkais, esses seres que aparecem em lendas, folclore, tv e vídeo games, e iremos explorar como se dá esse imaginário com as produções japonesas atuais: quem são os pokemons, a origem da idéia de Godzilla e outros Kaijus, os monstros enfrentados pelos power rangers e o sucesso de Youkai Watch.

– PALESTRANTE

Prof. Douglas Magalhães Almeida (GEHJA-UFF)

Historiador formado na Universidade Federal Fluminense, coordenador do Grupo de Estudos sobre História do Japão da UFF, e professor de Cultura & História Japonesa do ICBJ.

DATA31/03

HORÁRIO18h

LOCALAv. Franklin Rooselvelt, 39 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20021-120. Prédio Portugal, 15º andar.

ENTRADA FRANCA

Informações para Inscrição pelo e-mail icbjrj@gmail.com

– Nome Completo:

– CPF:

– Instituição de Origem:

– Curso:

– Titulação:

– Período:

*O título do E-mail deverá conter o seguinte título: FÁBRICA DE MONSTROS – ICBJ [INSCRIÇÃO]

*Favor incluir caso seja membro do Nikkei ou Instituto Niten


fabrica de monstros

Exposição de Artes Tradicionais Japonesas no Forte de Copacabana

O Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro, o Museu Histórico do Exército e Forte de Copacabana, o Instituto Cultural Brasil Japão e a Escola Seiguetsu – Filial Rio de Janeiro apresentam a exposição “Ikebana & Shodo ”, que vai de 24 de março a 2 de abril no Forte de Copacabana (Praça Coronel Eugênio Franco, 1-Posto  VI), de terça a domingo, de 10h às 18h.

Com entrada franca, a mostra é mais uma ação voltada para a promoção da cultura japonesa e faz parte dos eventos de comemoração dos 60 anos do ICBJ. Serão expostos cerca de 25 arranjos florais (ikebana), feitos por alunos da Escola Seigetsu, que tem apoio do ICBJ há 40 anos. Os trabalhos levam materiais como: flores tropicais, folhagens diversas, materiais secos (galhos, troncos, folhas), metálicos e de vidro. Também compõem a exposição 15 quadros de caligrafia japonesa (shodô), obras dos artistas Takeshi Murakoshi e Ritsuko Nishitani.

Os visitantes poderão ainda participar de oficinas gratuitas nos dias 25, 26 e 31 de março; e nos dias 1 e 2 de abril, das 15h às 16h e das 16h às 17h, por ordem de chegada.

O Instituto Cultural Brasil-Japão (ICBJ) é uma instituição civil, privada, sem fins lucrativos. Foi criado em 1957, por iniciativa de um grupo de brasileiros, japoneses e descendentes de japoneses, apoiados pelos então embaixadores Francisco Cavalcanti Pontes de Miranda (Brasil) e Yoshiro Ando (Japão), com o propósito de implementar relações culturais entre os dois países.

O ICBJ oferece cursos de língua japonesa, artes – como ikebana (arranjos florais), oshi-ê (gravuras em alto relevo), origami (dobradura de papel), nihon ga (pintura clássica japonesa) e shodô (caligrafia artística) -, além de outros como chanoyu (cerimônia do chá) e nihon ryori (culinária japonesa).  Inscrições e informações pelo (21) 2220-7877 e no site www.icbj.com.br.

Exposição “Ikebana & Shodo”

Data: 24/3 a 2/4

Local: Forte de Copacabana (Praça Coronel Eugênio Franco, Posto 6)

Horários de funcionamento: de terça a domingo, de 10h às 18h

Informações:

Consulado Geral do Japão – (21) 2240-2383/ www.rio.br.emb-japan.go.jp / www.facebook.com/JapanConsRio

Instituto Cultural Brasil Japão- (21) 2220-7877 / www.icbj.com.br

Forte de Copacabana – (21) 2521-1032 ramal 1234 / www.fortedecopacabana.com

Entrada para a exposição é franca. Entrada para o Forte: R$6,00 inteira/ R$3,00 meia entrada para estudantes e idosos.

Oficinas gratuitas de ikebana

Dias: 25, 26 e 31/03; 1 e 2/04

Horários: 15h às 16h e 16h às 17h

Inscrições no local, por ordem de chegada.